Conheça o Conselho Jedi da Bahia.

O Pipoca Pimenta e Poesia teve a excelente oportunidade de conhecer mais de perto o trabalho do Conselho Jedi Bahia. Para os que já tiveram pelo menos uma aulinha básica ou qualquer contato com o mundo nerd, vai associar automaticamente a palavra Jedi ao universo de Star Wars, e vocês estarão no caminho certo para conhecer melhor o mundo do nosso entrevistado de hoje.  Vamos lá!

João, assim como muitos outros jovens ao redor do mundo, é fã de uma das maiores sagas de todos os tempo, e faz parte do gigantesco universo de Star Wars. Mas o que é Star Wars, afinal de contas?  Se você não conhece sobre a série, dá um pulinho no Wikipedia, e veja todos os detalhes que fazem desta obra algo tão sensacional! É literalmente um novo universo para explorar. E o que será que os fãs fazem para manter a chama acesa nessa paixão tão grandiosa?

 

Foto: arquivo João

Foto: arquivo João

 

Hoje vamos conhecer um pouco sobre o João. Ele é estudante de produção cultural na Facom-UFBA, tem 20 anos e adora cinema, trilhas sonoras, literatura e redes sociais, mas, principalmente, Star Wards. Ele ainda cita: “espero um dia dominar o mundo com Star Wars… espera, isso já aconteceu! Só não fui eu! (risos)” (Piada relacionada ao tema, caso não tenham entendido.)

João faz parte do Conselho Jedi Bahia, que é um fã-clube de Star Wars sediado em Salvador. Eles realizam encontros e eventos sem fins lucrativos para divulgar Star Wars , além de possuírem um excelente lado filantrópico. Paralelo aos eventos, ajudam instituições de caridade realizando visitas, ações ou doando o que arrecadam em seus eventos, desde roupas a alimentos não perecíveis.

 

17687_532095183488634_857754650_n

 

Mas como aconteceu essa união? Em dezembro de 2010, João e mais dois amigos, Alex e Filippe, tomaram a iniciativa de reativar o CJBA. O fã-clube em si foi fundado em 2002, mas a estrutura de hoje começou apenas em 2010. Com a reativação, eles visitaram o GACC Bahia e o Hospital Martagão Gesteira, focados na luta contra o câncer infantil. Segundo João, a influência deles vem bastante por fã-clubes internacionais, que agem no combate ao câncer, mas eles também expandiram ações para ajudar também o HEMOBA, através de visitas para doação de sangue e medula dos membros fantasiados do CJBA. Também visitaram o Orfanato Lar da Criança e levaram ovinhos de Páscoa para as crianças, além de participarem todos os anos do Mc Dia Feliz. Claro! Sempre à caráter.

Com tanta movimentação, eles já ficaram carimbados em eventos de cultura pop como Anipólitan, estreia do Ep I em 3D, Geek Fest, Meca e Anihime (esses três últimos aconteceram em Feira de Santana), visitas à escolas como o Colégio Marista e Módulo e eventos próprios como os encontros semestrais e Aliança Salvador I e II, maiores eventos organizados por eles.

Mas por que relacionar a filantropia ao mundo Star Wars? João responde: “nosso foco é ajudar e espalhar Star Wars, então se nosso hobby puder ajudar as crianças a focarem nos estudos, em terem uma atividade saudável, e especialmente em serem mais felizes, diria que sim, nós somos filantrópicos também. Esperamos inspirar o bem e mostrar que se vestir do que você acredita, sendo algo bom, não machuca ninguém. Só traz alegria e diversão a você e às pessoas próximas.”

 

532949_549060268458792_2088492630_n

 

O grupo já tem 30 membros ativos, divididos entre staff e membros cosplayers.  Mas para participar, precisa ser mesmo engajado na causa. Quem tiver interesse, precisa entrar em contato com eles, e durante o período de seleção de novos membros, precisa ser convidado a participar das reuniões de acolhimento. Caso preencha os requisitos mínimos e a conduta se adeque ao CJ, há uma escolha interna e o aspirante, se aprovado, se une ao Conselho. Além disso, o grupo tem forte parceria com Conselhos de outros estados, como o Conselho SP, MG, RJ, PE e PA e com fã-clubes de fantasiados (em que alguns membros nossos também integram) como 501st e Rebel Legion.

E o que se ganha em fazer parte do grupo? “Sempre que saímos das missões beneficentes, sentimos um peso saindo das nossas costas, junto com outro que se acumula por não poder fazer mais nada por eles. Fazemos o que está ao nosso alcance, mas fica a sensação de que podemos fazer mais. Isso nos motiva a retornar e repetir as ações. Ações como as visitas ao Martagão, GACC e ao orfanato nos deixam com lágrimas nos olhos pelo que as crianças passam. Se pudermos fazer com que elas deem um pequeno sorriso, estamos realizados.”, responde João.

São várias lembranças inesquecíveis. Desde nossa primeira Aliança Salvador com um público que nos surpreendeu, até as viagens com o CJBA para visitar as convenções dos conselhos irmãos. “Talvez a lembrança mais inesquecível se renove todos os dias quando vemos como pessoas tão diferentes se unirem por um gosto em comum, e nessa união levarem para outras pessoas, sempre prezando pelo bem-estar umas das outras e daqueles que mais precisam”, relata João.

 

198886_565016046863214_1670154531_n

O projeto é realmente muito positivo, daqueles que o mundo anda precisando muito. Que tal unir sua paixão à saga e entrar também para o Conselho? Que a força esteja com você!

 

Anúncios

Deixe seu recado após o sinal. Beep!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s