Além dos ovinhos de chocolate.

A celebração da semana de santa, ou semana de páscoa, como algumas pessoas tem costume de chamar, é tradição oriunda da Igreja Católica, que nos acompanha por vários séculos. Tem como característica a marca da morte e a celebração da ressurreição de Cristo. Muitos católicos aproveitam a data para grandes reflexões e reclusões espirituais, para que possam absorver todo o simbolismo e significado da data. A semana de páscoa decorre entre domingo de Ramos e o domingo de páscoa, quando ocorreu a ressurreição. Entenda um pouco mais, com ajuda de uma matéria especial que vimos no G1.

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Domingo de Ramos

A entrada de Jesus na cidade de Jerusalém é representada neste dia. O domingo começa com uma procissão de fiéis cantando hinos e carregando ramos. Ao chegar à igreja, uma missa é celebrada com leitura de trechos bíblicos sobre o sacrifício de Jesus Cristo.

Segunda, terça e quarta-feira santas
Nas missas celebradas nos três dias, os fiéis pedem a Deus bons frutos na vida pessoal e religiosa e são lidos trechos bíblicos sobre a salvação.

Quinta-feira Santa

Nesse dia são abençoados ou consagrados os três óleos santos. O óleo consagrado é o do sacramento da Crisma, na qual o fiel confirma publicamente a sua fé cristã e sua ligação com a Igreja Católica. Neste rito, o padre impõe as mãos sobre o fiel, invocado o Espírito Santo, e o unge com óleo. Os outros dois óleos, o do batismo e o dos enfermos, são abençoados.

À noite, a Igreja celebra a ceia do Senhor em alusão à última ceia entre Jesus Cristo e os 12 discípulos, antes da crucificação. Nela, Jesus irá instituir o sacramento de seu corpo e de seu sangue, chamado pela Igreja Católica de Eucaristia. Nesta mesmo dia acontece a missa do lava pés, na qual 12 pessoas são escolhidas aleatoriamente para que o padre lave seus pés, em referência ao momento em que Jesus ensina a humildade aos discípulos lavando os pés deles.

Sexta-feira da Paixão

É o dia em que os fieis se reúnem para celebrar a paixão e a morte de Cristo. O rito tem quatro momentos, o momento da paixão anunciada, invocada, venerada e comungada.

Sábado Santo

Durante o dia, não há missa, e à noite acontece a vigília pascal, onde o padre abençoa o fogo que acenderá uma grande vela, chamada de Círio Pascal. A vela é toda decorada com símbolos religiosos, como o da primeira e da última letra do alfabeto grego – Alfa e Ômega, que indicam que Jesus é o início e o fim de tudo, como ensina a Bíblia. Cinco cravos representando os cincos ferimentos na cruz – dois nas mãos, dois nos pés e um na lateral do corpo – e o ano de 2012 também são inscritos na vela.

Domingo de Páscoa

Para encerrar o período da quaresma, os 40 dias estipulados pela Igreja Católica para que o fiel se prepare para o ápice da Semana Santa, a ressurreição, missas são celebradas com hinos e trechos bíblicos sobre a ressurreição.

No mundo, também se popularizou a cultura dos Ovos de Páscoa, que representam a fertilidade e o renascimento. Mas além destas delícias, é sempre bom refletir sobre os significados mais profundos das datas, não é mesmo? Boa páscoa a todos!

Anúncios

Deixe seu recado após o sinal. Beep!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s