Aluguel de Carros: tudo que você precisa para cair na estrada.

Um dos meios mais confortáveis e práticos de locomoção durante uma viagem é, sem dúvidas, alugar um bom carro. Com ele, você não fica dependendo dos horários de outras pessoas, nem terá que perder tempo aguardando transporte público. Isso não é necessariamente algo ruim, mas se tornará, se você estiver cansado e cheio de sacolas para carregar, sem contar que, durante uma viagem, a última coisa que queremos é perder tempo e se estressar. Por isso, pela comodidade e conforto, na grande maioria dos casos, o ideal é alugar. Claro que existe uma série de fatores a serem levados em consideração, como: o lugar em que você pretende ir, suas condições financeiras, quem fará a viagem contigo, o foco da viagem e também onde irá se hospedar. Uma cidade como NYC, por exemplo, requer que você pense pelo menos umas 3 vezes antes de alugar um carro e enfrentar todos aqueles problemas de trânsito e de lugar estacionar. O transporte público de NYC é excelente, o metrô te leva para praticamente todo canto da cidade com rapidez e eficiência, da mesma forma que em Paris. Em Buenos Aires, por exemplo, andar de taxi pode ser uma boa alternativa, uma vez que eles estão por toda parte, os custos são baixos e o transporte público de lá também é eficiente. O nosso próximo destino aqui no Pipoca, Pimenta e Poesia é a Florida, onde vale a locação, mais especificamente Orlando. Aguarde pois daremos dicas valiosas tanto na questão do aluguel de carro, como de outras coisas também.

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Quase todos os aeroportos possuem uma área onde podemos alugar carros. No Brasil, na Argentina, nos EUA, em todo lugar é assim. As principais locadoras que podemos citar são a Alamo, Hertz, AVIS, Sixt, Fox Rent a Car e Localiza. Dessas que citei, as únicas que ainda não tivemos oportunidade de testar foi Sixt e a Fox, mas já tivemos fortes recomendações, por isso resolvemos pelo menos pontuá-las. A Avis, Hertz e Localiza tivemos experiências aqui no Brasil e a Alamo e Hertz (novamente) nos EUA. Lembrando que existem muitas outras, mas não gostamos de indicar nem de falar sobre assuntos que temos pouco conhecimento.

Sempre que vamos viajar começamos a pesquisar o aluguel do carro aqui mesmo do Brasil, semanas antes. Por isso, essa é a primeira e mais valiosa dica que temos para você: SEMPRE faça suas reservas com antecedência, nem que seja alguns dias, uma semana, mas faça antes de chegar ao local. Você não gastará com nada no momento da reserva (só se quiser), e não correrá o risco de chegar lá e ficar sem carro, sem contar que pode ir pesquisando as promoções ao longo dos dias (que variam muito). Por que isso? Porque é impossível prever com precisão a movimentação de turistas no local escolhido, e se no dia estiver muito cheio, você poderá ficar sem ou acabar forçado a pegar um carro de uma categoria mais cara por falta de opção. Outra vantagem é que agiliza o processo tanto para você quanto para o atendente. Já presenciei algo parecido enquanto retirávamos um carro na AVIS no aeroporto internacional de Manaus. Um senhor chegou tarde da noite, sem reserva, e todas as demais locadoras estavam esgotadas, e o último carro da Avis estava guardado pra mim, que tinha reservado antes. Então resumindo, dica número um: sempre faça uma reserva.

Foto: Reprodução.

Foto: Reprodução.

Assim como os carros próprios, os alugados também demandam uma série de seguros, tanto para garantir a nossa proteção quanto a do próximo. Eles não são obrigatórios, mas são altamente recomendados, especialmente para evitar grandes gastos e dores de cabeça maiores. Já imaginou bater o carro nos EUA e ter que arcar com os custos hospitalares dos envolvidos, bem como o conserto do carro alugado e o da pessoa que você bateu? Pense nisso! Mesmo que os custos com o seguro aumentem consideravelmente o valor da sua diária, eles são essenciais.

Dica número dois: Não saia do pátio da locadora sem os devidos seguros. *

E finalmente, para terminar o primeiro post deste especial, vale lembrar que algumas locadoras fazem uma espécie de bloqueio de segurança no cartão de crédito. Aqui no Brasil, todas as companhias que foram testadas, exigem um bloqueio entre R$600 e R$1.200 no cartão de crédito, que é devolvido no final da locação, em até 48h. Segundo as locadoras, este valor representa uma espécie de seguro no caso de haver algum problema. Esse valor depende de qual a forma de locação, e especialmente, depende também do seguro escolhido.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Neste mês especial de Locação de Carros, ainda traremos muito mais informações para vocês. Então fiquem ligados e saibam tudo que precisam antes de caírem na estrada. Até lá!

*Consulte a sua prestadora de cartão de crédito, eles quase sempre oferecem seguros gratuitos para os que fazem o pagamento da reserva utilizando seus cartões. Nas últimas viagens utilizamos deles.

Anúncios

Deixe seu recado após o sinal. Beep!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s