Cuide bem do seu amor.

Quem acha que o amor é bonitinho, tá enganado. O amor é lindo? É sim! Mas ele leva um pouco mais de ingredientes na receita do que só aqueles momentos tão lindos que a gente jamais esquece. Amar está muito além também do respeito e da dedicação. Na verdade, ele é composto de uma série de sentimentos que sentimos por várias pessoas em separado, até encontrarmos alguém que joga tudo no mesmo caldeirão e cria o amor…

 

foto: reprodução

foto: reprodução

Mas então o que faz o amor, amor? Eu diria que é um tal de “cuidado”. Cuidado. Cuidado que vai além de quando você está doente ou de quando você bebeu demais. É um pouco além. É um cuidado que você dedica a alguém nos momentos os quais ela não espera. Nos momentos os quais ela não pede. É quando você percebe aquela situação que a pessoa pode resolver sozinha mas resolve ajudar. É um pouco de “se doar”. É preciso se dar.

Quem não cuida, perde. Não perde necessariamente a pessoa pra sempre. Mas vai perdendo partes e mais partes preciosas que dificilmente se recuperam. Perdem aquele sorriso que deixou de provocar, perdem aquele abraço que poderiam ganhar, o beijo que ficou pra trás, a noite que não se repetiu… Perdem pequenas coisinhas que não vão fazer a menor diferença hoje. Mas me encontre daqui uns anos e me diga o que sentiu!

O amor não é só lindo porque cuidar às vezes é chato. Ninguém quer lidar com o outro já tendo que lidar com a própria vida. Não tá fácil pra ninguém. Mas é exatamente por esse esforcinho, por prestar essa atenção, que o amor segue em frente, firme e forte. Esse cuidado é a espécie de gelatina que mantém tudo grudadinho e mais estruturado. É um cimento. É uma cola. É um cuidado.

Não perca estas pequenas riquezas. Não perca pedacinhos de quem você ama por falta de cuidado. Por falta de atenção. São danos irreparáveis que geralmente a gente não nota até que exista a mala no canto da porta ou o bilhete de despedida no espelho, sem margem pra culpar as consequências. São buracos que se criam para serem preenchidos por outras coisas e pessoas com as quais nem mesmo teremos direito de enfrentar.

E é por isso que o amor não é bonitinho. O amor não é só charmosinho. O amor não é só legal. Porque ele depende do gostar do lado feio do outro. Do dar a mão ao problema do outro. Do respeitar a dor do outro. Porque amor é paixão, desejo, carinho conversas, mas é também cuidado. Cuidado chato e contínuo. Mas cá pra nós… Isso não é lindo?

Anúncios

8 pensamentos sobre “Cuide bem do seu amor.

  1. Ótimo texto, é algo que todo mundo deveria ler! 🙂

    Uma das coisas que eu notei ao observar a maioria dos relacionamentos atuais é que quando eles se concretizam de fato (no caso, saem do estágio de ‘ficantes’ para ‘namorados’), costumam durar algo entre um e três anos. O interessante disso é que de acordo com o que se sabe sobre a mente humana, essa é também a duração média de uma paixão. Pois então, é fácil “amar” uma pessoa enquanto você ainda está apaixonado por ela porque a paixão é algo que mexe com a sua cabeça, te empurra a fazer coisas que você normalmente consideraria como um porre/tédio. Enquanto a paixão durar, tudo é lindo e maravilhoso! Toda mensagem faz o coração bater mais forte, ouvir a voz da pessoa causa calafrios… Mas tem só um detalhe nessa história.

    A paixão sempre acaba.

    Sabe aquele dia que você está com preguiça de sair de casa e seu namorado(a) te chama para fazer um passeio rápido, mesmo que de meia hora, só para te ver? Quando você ainda está apaixonado(a), a resposta é imediata: “é claro”! Só que depois de dois ou três anos de relacionamento, geralmente, a coisa não é mais assim. As pessoas começam a deixar tudo para depois. Você pode falar com ele depois. Você pode sair com ele depois. Você pode mandar uma mensagem para ele depois. Sua vida inteira fica no depois, até que chega um ponto onde você já nem entende qual é o sentido do “agora”. Chega um dia em que você vai olhar para a pessoa e já não vai lembrar porque escolheu estar com ela. Que você vai pensar, “por que é que eu gostava tanto dela”? Fácil, por todas aqueles momentos que você deixou passar e não viveu.

    Gosto de dizer que “você é o que pratica”, não o que você diz ou pensa ser. Isso também se aplica a todo relacionamento. Se você ama alguém, se quer continuar amando esse alguém, você precisa praticar esse amor. O amor verdadeiro não está em frases bonitas, presentes, datas, ou nada assim. Está na vontade de estar ao lado de alguém, de querer o seu bem. Está em ir fazer uma visita mesmo quando você está com preguiça, em fazer um carinho mesmo quando está cansado. O amor se revela mais nos momentos ruins do que nos bons, assim como o amigo verdadeiro é aquele que vai estar ao seu lado não apenas quando é divertido e conveniente, mas nos momentos mais chatos e complicados. Quanto menos você sentir que quer fazer, mais importante é que faça! Isso, se você considera que esse amor vale o esforço.

    Só que as pessoas de hoje são muito egoístas. Elas não começam um relacionamento pensando em como se tornar um “casal feliz”, elas começam um relacionamento esperando que a outra pessoa as faça feliz. Quando acaba a paixão, quando a relação já não é mais conveniente… Procuram a próxima. Depois a próxima. E outra, então outra e mais outra… Querem a paixão eterna e o amor sem fim do cinema, sem entender que esse amor não vem pronto, ele é uma construção de ambos. E por isso mesmo elas deixam de perceber que estão deixando para trás exatamente o que há de mais importante no amor! Não por acaso, estão sempre atrás dele: se você não entende o que algo é, como vai saber quando encontrar?

    Mas o amor verdadeiro existe e continuará existindo enquanto houver pessoas dispostas a encontrá-lo!

    • Daniel, depois do seu comentário, só me resta aplaudir. Não há mais nada a acrescentar. Foi sensacional! Obrigada por contribuir dessa forma com o texto. Um grandíssimo abraço! E volte mais.

      • Oras, sou eu quem agradece esse comentário gentil! 😉

        E volto sim, eu até já conhecia o blog/site, mas nunca tinha parado para fazer um comentário. Será o primeiro de muitos, vocês vão ter que me aturar por aqui a partir de agora! 😛

        Um abraço enorme!

Deixe seu recado após o sinal. Beep!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s