O Papa, o posto e o povo.

Quem acompanhou à TV esses dias pôde ver que o Papa renunciou ao posto. Quero deixar claro que escrevo esse texto não como profunda conhecedora de Teologia, ou como jornalista profissional. Fui criada em família católica, exceto meu pai que se considera Ateu, mas que nunca interferiu na minha formação religiosa. Estudei em escola franciscana, fui batizada, fiz primeira comunhão e crisma, mas hoje em dia não posso dizer que sou católica praticante, pois além de não ir à igreja todos os domingos, discordo de alguns dogmas da igreja católica e simpatizo com alguns de outras religiões. Enfim, respeito todas, acredito em Deus e faço minhas conversas/orações diárias com Ele.  Digo isso porque sei que falar sobre religião é como falar de política.

Minha reflexão neste texto é sobre a razão da decisão tomada pelo Papa e quais os reflexos dela em nossas vidas, apesar de saber que para muitos não vai alterar em nada o dia-a-dia. Como espectadora curiosa que vem acompanhando a notícia somente pelos jornais, revistas, TV e internet, com breves pesquisas sobre o papado e a sua representação, confesso que um pouco me preocupa o acontecido.

Imagem: reprodução

Imagem: reprodução

 

Me preocupa porque quero enxergar pelo lado humano da questão. Sim, pois apesar de ser considerado o sucessor de Pedro, o primeiro Papa na Terra, o Papa também é um ser humano, que sente, envelhece, sofre… Reconhecer, como ele mesmo disse, que não tinha mais força espiritual para continuar, abrindo mão de um cargo de importância e poder, é uma atitude minimamente humilde. Inúmeras teorias de justificativa para a real razão foram supostas por especuladores e pela mídia. Muito está se dizendo sobre o carisma do Papa João Paulo II, que foi perdido com Bento XVI, e da própria posição extremamente rigorosa batendo de frente às principais organizações e associações mundiais. Por mais que existam possibilidades, prefiro acreditar que nada mais foi que um ato de sinceridade e reconhecimento de suas próprias fraquezas em frente à situação.

Quando paro para pensar que por trás da imagem do homem que rege a Missa do Galo e acena, cumprimenta e fala em vários idiomas, além de levar mensagens de paz e de fé para todo o planeta, existe o peso da representatividade de decisões que influenciam milhares de pessoas em diversos cantos do mundo, só consigo pensar de fato na humanidade deste ser. Hoje já não tão poderoso quanto na antiguidade, onde os Papas tiveram grandes participações na história da humanidade, mas ainda uma figura de respeito mundial, não merece mesmo um voto de confiança?

Sabemos que Bento XVI é um católico o apostólico romano de linha tradicional, ou seja, extremamente conservador, mas é ai que penso: como deve ser difícil ser conservador em tempos de mudanças tão extremas! Armas atômicas, casamentos homossexuais, pesquisas de células tronco, camisinha… Certamente tem coisas das quais eu aqui em meu mundinho nem sequer imagine. Mas vejo em tudo isso, um motivo para não atirar a primeira pedra.

Afinal, apesar de qualquer teoria da conspiração, existe uma multidão de pessoas por aí que perdeu um guia espiritual, uma figura de exemplo, e isso deve ser respeitado. Já tem gente falando de apocalipse, dizendo que se um enviado de Deus desiste é porque o mundo acabou, entre tantas outras idéias completamente descabidas também, ainda que até a Páscoa, a Igreja tenha prometido um sucessor.

Acredito que o que nos resta neste momento é pensar que enquanto o ser humano, continuar crendo em sua própria humanidade, bondade, fraternidade, sempre haverá a esperança de um reino de paz. Principalmente quando este está apto a assumir até mesmo as suas fraquezas. Seja qual for o credo ou a crença, tenho certeza é de que no mundo, nós precisamos de um alimento espiritual para guiar nossas ações. Precisamos acreditar um pouco mais, dar um pouco mais de crédito, apoiar um pouco mais…

Como diz a palavra de Deus: nem só de pão vive o homem.

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “O Papa, o posto e o povo.

Deixe seu recado após o sinal. Beep!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s