Inesquecível Buenos Aires – parte 02.

O primeiro dia em Buenos Aires é inesquecível! Só depende do seu roteiro. A primeira dica porém, começa antes de viajar: antes de sair do Brasil troque cerca de R$200 para os primeiros gastos na cidade. Se o seu vôo for a noite, a tempo de jantar, troque cerca de R$300 por garantia. Lembre-se que tudo que consumir no avião, com exceção da água é pago e em dólares.

Foto: Dannie Karam

Ao chegar em Buenos Aires, não pegue os taxi’s pré pagos de dentro do aeroporto. Opte pelos taxi’s comum e você já economizará praticamente 20 pesos. É seguro e não há problemas. Na sua primeira manhã em Buenos Aires, peça um taxi e vá até o Obelisco. Horário sugerido para iniciar o passeio: 9h / 9h:30m am. Aproveite para reparar no caminho a maior avenida do mundo. A Avenida de Mayo. O taxi do Noster Byres não passou de 12 pesos. Não esqueça de levar dinheiro para câmbio. E quando descer, aproveite para fotografar o Obelisco. Você gastará em torno de 20 minutos tirando fotos e observando tudo.

Foto: mapa

Foto: mapa

Na foto ao lado, você verá um Mc Donald’s no ponto A e uma rua bem movimentada no ponto D. Entre na rua diagonal, logo atrás do ponto D, rumo aos Tribunais (a esta praça que tem ao lado esquerdo da foto). Essa região é o seu ponto de referência para localizar-se em todos os lugares da cidade.

Foto: Dannie Karam

Foto: Dannie Karam

Chegando na praça dos Tribunais, você poderá fotografar o Teatro Cólon à sua direita, uma praça com monumentos bem interessantes, uma faculdade cuja arquitetura é muito bonita e ainda os Tribunais de Justiça que além de serem prédios impressionantes, ainda tem monumentos enormes em seu hall de entrada. Provavelmente você não poderá entrar no Tribunal de Justiça, mas vê-lo por fora já vale muito a pena.

Depois de ver esses locais, volte pelo mesmo caminho que veio, passando novamente pelo Obelisco. Passe pelo Mc Donald’s, e tome um café no bar/restaurante bem em frente. Ele tem vista pro Obelisco e é muito bom para passar uns 15 minutinhos pensando: “ah, estamos na Argentina!”. Depois continue andando pela Avenida Corrientes. Observe pelo caminho o Opera City, a loja da Milka, e dezenas de comércios. Na 4ª quadra, à esquerda, entre naCalle Florida. Esta rua tem as melhores lembrancinhas pra você levar e para quem gosta e pode comprar, tem boas opções de lojas e mini galerias. Neste momento, porém, siga em frente até aproximadamente a 3ª quadra da própria Calle Florida. Sempre prestando atenção ao seu lado esquerdo, você verá algumas casas de câmbio. Siga até encontrar uma galeriazinha com escadas de madeira para cima e para baixo. Geralmente anunciam casacos de coro bem na porta. Para saber se você está no local certo, ao descer a escada você terá como primeira loja uma agência de turismo. Nesta agência, o proprietário troca seu dinheiro sem nenhum desconto. É só levar e ele devolve. Não se preocupe: o dinheiro é verdadeiro e aceito em todo lugar.  Espalhe o dinheiro pelos bolsos, pois apesar de não ser muito perigoso é sempre bom se prevenir.

Foto: Dannie Karam

Foto: Dannie Karam

 

Após a troca do dinheiro, siga a procura da Galeria Pacífico. Esta galeria fica ao lado direito da rua, uma ou duas quadras após a casa de turismo que troca o dinheiro. Não receie em perguntar caso tenha dúvidas. A Galeria Pacífico fica misturada a um cenário urbano, mas uma vez lá dentro, seus olhos vão brilhar. Ela tem cúpulas pintadas e maravilhosas, uma iluminação incrível e o sentimento de achar um lugar destes no meio de uma rua tão simples é impressionante. Buenos Aires respira cultura e esse shopping é uma prova disso. Aproveite para fazer sua refeição por lá. Há refeições de todos os preços, mas se você quiser economizar, há um restaurante de comida oriental bem ao lado da loja da Abuela Goye Patagonia (de alfajores) que conseguimos almoçar por 30 pesos. Aproveite também para comprar seus alfajores na marca mais famosa do mundo: a própria Abuela Goye Patagonia. A caixinha de 6 alfajores pequenos custou na época 18 pesos. A caixa maior custou 36 pesos e havia ainda outras opções de 48  e 72 pesos. Os alfajores são incrivelmente deliciosos então compre quantos você achar que seu dinheiro disponível poderá comprar.

Após o fim de seu passeio na Galeria, caminhe um pouco mais pela Florida, compre lenços, miniaturas, o que quiser. Com 100 pesos, compramos um quadro de dois dançarinos de tango, um pratinho, uma miniatura de Che e de um casal dançando, uma caneca da Quilmes (a melhor cerveja nacional) e uma da Coca, além de lenços muito bonitos.  Você fica livre para passear até às 18h. Volte para o hotel. Descanse as pernas, tome um banho e coloque uma roupa bem elegante, pois você vai ao Puerto Madero! Sugestão de horário para sair do hotel: 21h/21h:30

 

Foto: Dannie Karam

Foto: Dannie Karam

O Puerto Madero é uma região de 2 a 3km apenas de restaurantes e bares, à beira do dique que mais tem tamanho de rio. Na foto, você pode ver esses prédios alaranjados que são apenas lugares para comer e beber. Você poderá caminhar à beira do dique e ainda ver a Puente de la Mujer e o Navio Museu (que você irá visitar ainda neste roteiro).

Para jantar, peça que o taxista lhe deixe no Spetus para comer o corte de carne típico Argentino.  Todos os restaurantes ficam abertos até pelo menos 1h da manhã, e a depender do dia da semana, chegam às 3h ou 4h. Aproveite para ver o cenário todo a noite. Lembre-se que na Argentina, você tem áreas de fumantes e não fumantes, e é permitido fumar dentro inclusive dos restaurantes. Por isso, avise seu atendente antes de sentar-se.  No Spetus, a vista mais bonita é da sala de fumantes, que nós encaramos, até porque estava um pouco vazia.

Dica: no restaurante você tem opção de pedir a la carte e de comer no buffet. Peça uma carne para duas pessoas e dois buffet’s. A peça da carne é imensa e nós não conseguimos terminar. E o buffet é repleto de delícias, então compensa e muito. O preço médio do buffet + 1 carne por pessoa + refrigerantes para 2 pessoas foi de 180 pesos. Um jantar de extrema elegância a R$45 por pessoa! Se estiverem com os mesmos preços, vale demais!

Mas se você pensa que sua noite acabou, se enganou! Pegue um taxi e vá até o Casino Puerto Madero. O taxi não vai custar mais de 10 pesos. Você não paga para entrar no Cassino, mas pode jogar nas máquininhas a partir de 2 pesos apenas. O sistema de crédito funciona da seguinte forma: você coloca o dinheiro na máquina, e na hora que quer sair, aperta o botão adequado e sai um ticket. Este mesmo ticket pode ser usado em outras máquinas ou para que você saque possíveis ganhos no caixa. No Cassino é permitido fumar, não há como você controlar o tempo que está lá dentro, e as bebidas não são das mais baratas. Por isso, foco!Após ganhar uns pesinhos para o dia seguinte, nada melhor que uma boa noite de descanso! Próximo post, o segundo dia de Buenos Aires em nosso especial! Você pode imprimir nosso roteiro e levar para sua viagem para não esquecer nenhum detalhe ;)  Fique à vontade! O mundo é seu!

Anúncios