Tá faltando homem mesmo?!

É impressionante. A gente evolui, evolui, evolui, briga, briga, briga e não sai do lugar. Quer saber porque o mundo ainda não respeita completamente a mulher? Porque tem muita mulher que não se dá ao respeito. É isso aí. Vá desculpando minha opinião agressiva, mas é isso mesmo que está parecendo. Um apanhado sem fim de matérias anda aparecendo e repercutindo sobre a velha proporção homens x mulheres no mundo. E aí eu não sei o que é que passa na cabeça de uma meia dúzia de destrambelhadas que realmente fica desesperada, começa a fazer planos de como atrair homem, sai pra “caça” e coloca como objetivo principal na vida ter ao lado na cama um reprodutor, seja ele qual for.

Foi mal, mulherada. Pode ser simples eu falar, já que sou casada e posso ser vista como “garantida”, mas o que eu estou dizendo vem justamente daí. Eu não tenho o casamento dos sonhos. Como qualquer mortal, passo por problemas, dores e desavenças de sermos dois sob um mesmo teto. Mas essa pessoa com quem eu divido uma amizade maior que tudo e muitos sentimentos bacanas, não apareceu enquanto eu estava angustiada atrás de homem não.

Foto: reprodução

Foto: reprodução

E se me permitem um conselho pra casar, eu diria: pare de procurar. Quem falou que você mulher, precisa ser admirada pelas características que um homem achar que devam existir em você? Quem disse que o que atrai atenção daquele cara que vale à pena e está querendo construir uma família, não é sua força, independência, atividade, envolvimento…? Quem foi que te falou que defender suas causas e seus valores vão te excluir do público-alvo dos candidatos a marido?

O problema é que tem muita mulher hoje em dia que só pensa nisso. Homem. Como ter um? Como segurar um? Como conseguir um? E de preferência um daqueles que sejam bons o bastante pra colocar inveja em todo o grupinho. E aí o que acontece é que estamos invertendo. De mulheres objeto, viramos caçadoras de objeto. E isso parece suficiente pra você? Essa inversão, de algum modo, supre a sua busca por espaço? Pelos direitos a ser feminina (no sentido genuíno da palavra)?

A mim não. A mim não existem pessoas objetos. Sejam elas mulheres, homens, brancos, pretos, pardos, gordos, magros, gays, heteros, esquerdistas ou direitistas (essa palavra existe?!)… E sinceramente, eu acredito que tem muito cara bacana procurando mulheres bacanas, que estão tão raras quanto os machos. Essas mulheres, de verdade, que têm opinião própria, que não têm medo de bater de frente com namorado pra exigir respeito consigo e com os demais, que não têm vergonha de dizer que ganham bem e que hoje querem dormir sozinhas. Essas que não precisam ser diferentes daquelas que querem cafuné no cabelo, um abraço porque estão carentes, e querem sim ganhar flores e chocolate, porque isso não minimiza em nada as suas capacidades de serem mulheres…

Sei não. Essas matérias saem nos jornais e eu me assusto. Porque a questão é que o mundo pode até ter 3,5 bilhões de homens e 3,5 bilhões de mulheres, todos heteros e solteiros, e ainda assim não dar certo. Simplesmente porque sempre terão aqueles que só querem os objetos e dependem deles para se julgarem felizes. Ah, você casada, quer dizer então que ficaria feliz sem seu marido? Não. Provavelmente eu sofreria amargamente sem o amigo, o irmão, o homem que eu tenho do lado. Mas o que eu quero dizer é que eu não me estapeei na rua por ele. Eu não chorei desesperadamente para um dia encontra-lo. Eu não deixei de ter uma vida, um sonho, um projeto, minhas amigas, minha família e meus sonhos até ele chegar. E procuro continuar mantendo-os mesmo com ele do lado. Porque enquanto o mundo não entender que os relacionamentos foram feitos para aproveitarmos mais da vida e não do outro, a coisa nunca vai pra frente. Não importa quantos de cada sejamos. O que importa, e o que sempre importará, é quem somos.

Anúncios

Deixe seu recado após o sinal. Beep!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s