O dia em que o Google parou!

Fim dos tempos? Apocalipse?! O dia em que a Terra parou?! Não! Foi só Google Down! O Google que saiu do ar e segundos depois infestou as redes sociais de mensagens. E olha que nem caiu em todo lugar. Youtube, Gmail, a página de pesquisa do Google… Tudo fora do ar. E aí o desespero toma conta do planeta. Será que é mesmo fim do mundo?! Não conseguimos abrir vídeos, estamos sem e-mail, como vamos fazer nossas buscas?!

Quando foi que ficamos tão dependentes da internet, e mais ainda, dessa marca? Sim! O Google é uma marca, como Coca-Cola ou Mc Donalds. E há concorrência para ele (ou não, né?!) assim como para estas outras empresas. Mas bastou a empresa sair do ar que a manifestação coletiva começou. Como qualquer empresa virtual, esse tipo de coisa acontece. Mas com o Google?! É literalmente a expressão do caos. Ainda mais se o tempo estiver meio fechado, ameaçando chover, é bem capaz de muita gente acreditar que o planeta morreu.

 

Foto: reprodução

E então, como pode uma empresa parar centenas de comércios, funcionários, pessoas, famílias, humoristas, artistas, todo o tipo de gente, fazendo com que todos se manifestem a respeito de sua situação? Como pode uma interação ser tão incrivelmente forte, que ao ficar segundos fora do ar, já existem milhões de pessoas falando à respeito e acreditando piamente que o problema na verdade está em suas próprias máquinas? Como pode, mesmo sem precisar usar naquele momento, todo mundo compartilhar de um sentimento de no mínimo estranheza sobre o que é a provável potência mundial apresentando problemas?

Todo mundo alerta porque o Google caiu mas ninguém pensando em sobre como eles conseguem paralisar uma nação pelo simples “sair do ar”. Ninguém parando para pensar no poder concentrado na mão de tão poucos, e teorias da conspiração totalmente inclusas, no tanto de informação e influência sobre nós guardada no mesmo “lugar”. Hoje é impossível imaginar como trabalhávamos sem e-mail, sem celular, sem 3G. E até aí, este questionamento é praticamente um respeito à evolução tecnológica. Mas ter de se imaginar sem uma EMPRESA e sentir verdadeiros calafrios? É bem mais perigoso do que parece.

Provavelmente o pesadelo do fim dos tempos não vai se dar por causa desta queda do Google, que em breve certamente, ocupará todos os jornais do país com notinhas do que aconteceu. Mas penso que, ao julgar por todas as consequências de uma simples pausa, se o Google quiser, realmente o mundo acaba na hora que eles programarem. E o pior! Não vamos nem ter onde pesquisar como se livrar disso!

 

Anúncios

Deixe seu recado após o sinal. Beep!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s